Sul da ilha

     Com três quilômetros e meio de extensão, a Praia do Campeche é muito frequentada por surfistas, pela característica do mar, e pela galera jovem, principalmente na região do Riozinho. Mas também recebe várias famílias e idosos. Na realidade, é uma das praias mais ecléticas e democráticas da Ilha.

     Fica entre a Joaquina, nas proximidades da Lagoinha Pequena, e o Morro das Pedras, no extremo sul. Por não existir marcos geográficos que separe as três praias, dá para passear à vontade por vários quilômetros de areia.

     O Campeche também é famoso pela paradisíaca Ilha do Campeche, localizada a cerca de 2 quilômetros da praia. Há vários passeios de barcos e escunas especialmente para a Ilha, alguns até com monitoramento de guias, que saem da Praia da Armação, Barra da Lagoa e do próprio Campeche. Lá você encontra sítios arqueológicos, trilhas e se levar o snorkel pode ver lindos peixes por entre as pedras. Também há mergulho profissional nesta área.

     Além de suas belezas naturais, a localização estratégica do Campeche facilita o deslocamento rápido para as praias tanto do sul quanto do leste da ilha.

 

Fonte:http://www.guiafloripa.com.br/turismo/praias/campeche

Campeche

Armação

     O clima de pequena vila ainda cerca a Praia da Armação, localizada a 25km do centro de Florianópolis. É um dos principais núcleos de pesca artesanal da ilha, com várias comunidades pesqueiras explorando o mar. Junto com Campeche e Pântano do Sul, forma o maior complexo pesqueiro da cidade.

     A antiga Igreja de Sant’Ana ainda é o núcleo centralizador da região, fato que ocorre desde a época da caça de baleias no século XVIII. Convivendo com esta pitada de antiguidade, estão bares, restaurantes, empresas de turismo e surfistas.

     Toda esta mistura transformou a Armação no segundo balneário mais frequentado do sul da ilha. Durante os meses de verão, o aumento da população fortalece as alternativas de lazer à noite. Novas opções bares e restaurantes estão constantemente se estabelecendo – e fazendo com que o morador ou o turista não precise se deslocar para outras regiões da ilha para encontrar algum agito.

     As noites de verão são caracterizadas por muita movimentação nas ruas do centrinho. Passear a pé, observar artistas de rua e escolher um estabelecimento para jantar é a atividade de lazer preferida de quem escolheu o sul da ilha para viver. Ao mesmo tempo em que serve ao entretenimento noturno, a Armação ainda conserva recantos de silêncio e tranquilidade em todas as épocas do ano.

 

Fonte: http://www.guiafloripa.com.br/turismo/praias/praia-da-armacao

Matadeiro

     Não há carros, ônibus, hotéis, cambistas nem barulho de cidade na Praia Matadeiro. Não há nada além de banhistas, comunidades pesqueiras, surfistas, famílias e natureza, muita natureza.

     A Praia do Matadeiro é destino de quem gosta de apreciar praias da forma como elas nasceram, apenas água, areia e árvores. Este recanto natural recebe turistas que procuram sossego e alguns poucos moradores, cujo estilo de vida não passa perto de barulho excessivo ou poluição.

     As águas são limpas e cristalinas, mas com ondas bravias e forte repuxo, o que demanda atenção de banhistas. Alguns bares oferecem refrescos e petiscos a turistas que ficam o dia inteiro na praia. Se você está pensando em ficar lá por muito tempo, leve tudo que precisar, pois não há nenhum outro tipo de comércio.

     A partir do Matadeiro, há uma trilha que leva até a Praia da Lagoinha do Leste, um dos destinos de Florianópolis que sofreram menor intervenção humana.

 

Fonte: http://www.guiafloripa.com.br/turismo/praias/praia-matadeiro

Lagoinha do leste

     Praia, costões, lagoa, cachoeira e mata nativa. Esses ingredientes estão todos juntos na Lagoinha do Leste, que esconde seu encanto entre os morros do Sul da Ilha de Santa Catarina.

Há três modos de se chegar à praia, por duas trilhas e por barco. A melhor maneira de chegar à Lagoinha do Leste é a pé por trilha. De carro é impossível, não há estrada. Pode-se também ir pelo mar, com desembarque precário por conta da rebentação. Os barcos que fazem este trajeto são de pescadores do local, que levam e buscam turistas durante o verão. Eles saem do Pântano do Sul e levam cerca de quinze minutos.

     Essa relativa dificuldade de acesso tem servido, ao longo do tempo, como escudo protetor do lugar.

     Há duas opções de trilha, cada uma com suas vantagens. Para chegar mais rápido e por uma trilha mais tranquila, deve-se pegar a que sai do Pântano do Sul, levando em média uma hora de caminhada, passando pelo meio do mato e dos morros. É o acesso mais utilizado pelos visitantes.         A caminhada dá pra suar a camisa, mas também não exige habilidades de alpinista e pode ser encarada sem sacrifício. O chão é pedregoso e irregular, mas fácil de andar se você prestar atenção onde pisa. Depois da subida, tem-se a surpresa de uma vista fabulosa da Lagoinha. Aí é só descer e afundar os pés na areia da praia. A outra trilha sai da Praia do Matadeiro, que é mais longa e de maior dificuldade – com duração de cerca de três horas.

 

Fonte: http://www.guiafloripa.com.br/turismo/praias/lagoinha-do-leste

Visite também

Fortalezas

 Legado das guerras, as fortalezas são opções para passeio histórico!

     A riqueza da cidade se estende à história. A maioria das visitações se dá por meio de barco. Aí, além do passeio pelos mares da Ilha você ainda aprende sobre o nosso passado e vê de pertinho cada detalhe que ainda resta deste Patrimônio Histórico Nacional.

 

Trilhas

     A Ilha de Santa Catarina foi generosa com os aventureiros. Há diversos caminhos para se percorrer a pé ou de bicicleta e chegar às localidades menos exploradas de Florianópolis.

     Algumas possuem baixo nível de dificuldade e qualquer pessoa pode percorrer. Outras, já demandam um bom preparo físico e um guia experiente, pois passam por trechos de escaladas, por áreas alagadas ou são habitats de animais peçonhentos e perigosos.

Ilhas

 

     As ilhas mais importantes para visitação são a de Raton Grande e Anhatomirim, na Baía Norte e a Ilha do Campeche, um paraíso de águas cristalinas e areias brancas, localizada na parte Sudeste, em frente a praia com o mesmo nome.

 +55 48 38794788  |   estrelasnomar@gmail.com

  • Instagram
  • Wix Facebook page